308 805 709

0 artigos

Como responder a esta frase: Mamã, quero um animal de estimação...?

Imprimir

  O cão, uma boa higiene 

Prepare-se mentalmente para este dia porque... acaba sempre por chegar!

Os animais de estimação são considerados como um modo de medicina preventiva. O cuidado, o amor e o afecto que lhes dedicamos promovem a saúde e contribuem para uma boa qualidade de vida.

Tanto assim é que são numerosos os estudos que avaliam estas teorias, provadas com pessoas de todas as idades, em diferentes terapias.

A adopção de um animal de estimação é um passo muito importante, sobre o qual se deve reflectir. Essa importância deve ser transmitida às crianças quando nos demonstram o seu desejo de ter um animal de companhia. 

Para eles, a presença de um animal de estimação proporciona muitos benefícios, uma vez que aprendem a incorporar valores fundamentais de vida que se repercurtem no seu desenvolvimento intelectual e na sua sociabilidade.

Por exemplo, no caso dos cães dizem que melhora a auto-estima e a auto-confiança devido à criança desenvolver sentimentos positivos para com o animal e através dele estabelecer relações de confiança no seu ambiente. Para além disso, ao acariciar e cuidar dos animais liberta-se stress e aprendem-se as regras de comunicação não-verbal.

É muito importante estabelecer normas desde o primeiro dia em que o animal de estimação entra em casa, senão mais tarde podemos ter dificuldade em educá-lo. Deixar que ande solto por todos os lados e que suba às camas, sofás, ....etc., não é o mais recomendável, uma vez que ainda que tenhamos todas as vacinas en dia e uma boa higiene, não nos devemos esquecer que são seres vivos diferentes de nós. Podem ter parasitas e devemos ter em atenção as possíveis alergias ao pelo dos animais.

A figura de animal doméstico alterou-se nos últimos tempos. Ainda que os cães e os gatos continuem a encabeçar a lista, os hásmter ou os coelhos anões já se situam entre as preferências das crianças. Independentemente do animal escolhido, devemos incutir às crianças uma série de responsabilidades de acordo com a sua idade.

Se têm idade para levar o cão a passear à rua, devem ser eles a fazê-lo. Se ainda são pequenos, devemos perguntar-lhes se já puseram comida ou água, ou pedir-lhes para ajudar a limpar a gaiola, etc. Grandes responsabilidades que têm de assumir para proporcionar uma vida cómoda ao seu animal de estimação.

Resumindo, ter um animal de estimação é muito bom para crianças e adultos, sempre e quando o tratamos com carinho, amor e afecto. Lembremo-nos que são animais domésticos e estão acostumados a ter companhia e todos os cuidados.

E agora... sem olhar... qual é o animal de estimação da Pisamonas! De certeza que sabe, certo? :-)

Posted in: Notícias PT
Partilhe