308 805 709

0 artigos

Como sobreviver a uma longa viagem de carro com crianças?

Imprimir

  Desfrutar de uma viagem de carro com crianças 

Estas férias vai viajar de carro com os seus filhos?

Coragem e siga estes conselhos para que tudo corra o melhor possível!

Se vai de férias em breve ou já está de regresso, queremos dar-lhe algumas ideias para que a viagem de carro com os seus filhos não seja um suplício, nem para si, nem para eles.

Se são muito pequenos, as viagens de carro costumam converter-se em “quanto tempo é que falta?”, “falta muito?”, “tenho xixi... tenho fome... tenho sede” uma variedade de solicitudes que se não as gerirmos bem, podem converter-se num conflito a bordo.

A primeira coisa a fazer é preparar a viagem e, se vai demorar algumas horas, é melhor optar por madrugar para que as crianças possam ir dormindo e assim lhes pareça mais curta a viagem e para que não apanhem as horas de maior calor.

Levar sempre à mão água e algo para petiscar e parar, mais ou menos, de duas em duas horas é o recomendável. É importante explicar-lhes antecipadamente como vai ser a viagem, se vamos tomar o pequeno-almoço ou almoçar pelo caminho, quantas vezes vamos parar, e caso passemos por algum sítio já conhecido, recordar-lhes das outras ocasiões.

O recurso mais à mão de hoje em dia é o telemóvel do papá ou da mamã, o tablet ou o DVD. Se estivermos todos de acordo em partilhá-lo com os outros, podemos usá-lo durante um tempo, sempre e quando não houver discussões.

Mas há muitos outros jogos, mais tradicionais, que permitem desfrutar do caminho, tal como do destino, como por exemplo:

  • Somar matrículas, podemos fazer um concurso também com os adultos e ir somando as matrículas dos carros que vão passando. Aquele que some mais rápido e correctamente, ganha.
  • Adivinhar objectos, um elemento escolhe um objecto que vê durante a viagem e os outros têm que adivinhar qual é através de perguntas e respostas.
  • As palavras encadeadas, começa-se dizendo uma palavra e o seguinte deverá dizer outra que comece pela sílaba final da primeira.
  • À ida, se é a primeira vez que vamos ao nosso destino, podemos perguntar-lhes como imaginam que é, o que gostariam de encontrar e fazer planos para nos divertirmos em família. No regresso, basta fazer um resumo das férias, perguntando sobre o que gostaram mais e menos e se gostariam de voltar outra vez, por exemplo.
  • Inventar uma história entre todos, um inicia uma história e os outros à vez vão imaginando o resto.
  • Aproveitar para conversar com eles, tudo o que não fazemos no resto do ano por falta de tempo. Assim, podemos perguntar-lhes coisas que ainda que pareçam óbvias, não sabemos dos nossos filhos como: tens saudades dos teus amigos da escola, o que queres ser quando fores grande, o que gostas mais no teu professor...etc. Perguntas simples mas que, com o mundo volátil das crianças, nos podem surpreender.

 

O propósito de viajar com as crianças de carro é que seja mais uma parte agradável para recordar das férias. Temos que ser conscientes que elas têm pouca paciência para as viagens e por isso temos que dar largas ao humor e à imaginação!

Boa viagem!

Posted in: Notícias PT
Partilhe