308 805 709

0 artigos

Como ir à praia ou à piscina com os miúdos de forma segura?

Imprimir
By Pisamonas 12 de Agosto de 2016

 Mergulhos seguros com os conselhos Pisamonas

Neste verão, banhos sem sustos com os conselhos da Pisamonas.

Todos a nadar! Os mergulhos de verão são uma das atividades mais divertidas para as crianças. Tendo isto em consideração, por que não ajudá-los a mergulhar com segurança? A piscina e a praia são os lugares perfeitos para os miúdos.

Eles desfrutam como nunca no ano todo e também se divertem a brincar com o pai, a mãe e os amigos.

No entanto, temos de ter cuidado. Para que todos possam aproveitar da piscina e da praia, além dos nossos pequeninos, é importante ter em consideração alguns conselhos de segurança... e, principalmente, ter sentido comum. Com as seguintes medidas de segurança, é certeza que evitaremos situações indesejadas e aproveitaremos da praia, da piscina e das crianças da melhor forma que pudermos. Atenção:

Na praia

- Do mesmo jeito que não deixaria o seu filho andar descalço na rua, em alguns lugares da praia também não convém deixá-lo descalço. Evitar machucados é tão simples como pôr chinelos neles para que continuem a brincar na máxima velocidade, tanto na água como na terra.

- Também é bom que use um boné que proteja a sua cabeça do sol. Principalmente nas horas de alta radiação solar. E, sem dúvidas, sempre com proteção solar alta!

- Não está recomendado que as crianças nadem em praias sem salva-vidas. E ainda menos se a bandeira não estiver verde ou se não houver nenhuma bandeira na praia.

- É muito importante dar exemplo, pois os miúdos aprendem de nós e imitam tudo o que veem. Se não houver bandeira ou salva-vidas, nós também não deveríamos nadar no mar na presença deles.

- Além de salva-vidas e bandeira, temos que vigilar os pequeninos o tempo todo, e insistir em que nos avisem sempre que forem nadar. Se forem à praia com outros adultos, podem revezar a vigilância das crianças para que sempre estejam protegidos.

- Outro conselho que serve tanto para a piscina como para a praia, é levar sempre consigo uma garrafa de água para que não se desidratem. As garrafas de vidro são melhores, pois as de plástico esquentam mais rápido.

- Sem dúvidas, o mais recomendável no mar são as braçadeiras e boias. Sempre a flutuar, aconteça o que acontecer!

- Nas horas de calor, é recomendável que as crianças descansem no guarda-sol e fiquem deitadas um bocadinho na toalha de praia. Ficar o dia todo ao sol e calor durante muitas semanas não é bom a sua pele.

- A vista também tem que estar protegida do sol, por isso aconselhamos o uso de óculos de sol com proteção solar, ao menos duas horas ao dia, quando o sol for mais forte e refletir mais.

- Muito cuidado com os colchões de água! Podem até ser a moda do ano, mas se há uma corrente intensa, as crianças poderiam ser levadas para dentro do mar em poucos minutos.

- Temos de informá-los sobre as medusas ou águas-vivas, pois poderiam querer tocá-las por curiosidade. Se estiverem mortas na beira do mar, não significa que podem ser tocadas, pois o veneno urticário pode durar até 24h depois da morte do animal.

- As congestões também são muito perigosas. Convém esperar ao menos duas horas antes de nadar outra vez, não importa a vontade de brincar na água que tiverem. Também temos de explicar que, se estiverem dentro do mar e se sentirem cansados ou com uma sensação de muito frio, têm de sair rapidamente e avisar um adulto. Não é bom subestimar a congestão!

E para presumir de bom corpo na praia ou na piscina, confira os nossos Fatos de banho para meninos e meninas.

Na piscina

Para quem for passar as tardes na piscina, também temos alguns conselhos. Muita atenção neles:

- A beira da piscina é muito perigosa, assim como os escorregões. Os lugares ao redor da piscina costumam ser muito escorregadios, portanto, as crianças devem ser avisadas de que não devem correr por lá. E mesmo se eles não correrem, chinelos com sola antiderrapante como esta de licra tipo neopreno, podem ser o melhor aliado para evitar os escorregões e os arranhões.

- Se tiver uma piscina privada e crianças pequenas, lembre-se de recolher os brinquedos de dentro da piscina cada vez que seus filhos saírem. Isto pode evitar que eles tentem entrar na água por conta própria, sem a sua supervisão, em busca dos seus adorados brinquedos.

Finalmente, com estes conselhos bem presentes e em prática quando formos à praia ou à piscina, continuaremos a estar preparados para que aproveitem o verão!

Posted in: Notícias PT Tags: conselhos
Partilhe