308 805 709

0 artigos

Regresso às Aulas, conselhos para escolher o melhor calçado infantil

Imprimir
By Pisamonas 9 de Setembro de 2016

 Regresso às Aulas - Conselhos para calçado - sapatos e ténis

A saúde dos pés dos seus filhos está nas suas mãos...

Regresso às Aulas! Tanta emoção. O primeiro dia está quase a chegar. Não há ninguém mais nervoso e feliz que os miúdos. Está nas nossas mãos ajudá-los para que o regresso à escola seja o mais tranquilo e agradável possível. 

Dito de outra forma, qual a actividade que as crianças fazem desde que pulam da cama até que voltam a ir dormir e que é fundamental para o seu bem-estar?

Andar! E para que possam andar de forma correcta, precisam de um bom calçado infantil que lhes permita andarem cómodos e que garanta um correcto desenvolvimento dos seus pés. 

Mesmo que o Regresso às Aulas seja, como todos sabemos, um esforço económico para os pais, temos que ter em consideração que economizar no calçado das crianças pode causar problemas para eles no futuro.

Para que isto não aconteça, fique atenta aos conselhos que vamos dar a seguir, para que possa escolher os melhores sapatos e ténis de qualidade para crianças no Regresso às Aulas 2016:

1. Confortável e saudável

O mais importante no calçado infantil de qualidade é que o mesmo garanta a saúde dos pés. Desta forma, qualquer sapato deve ajustar-se às suas necessidades motoras. E temos de ter um cuidado especial entre os 3 e os 7 anos, que é quando a forma de andar dos miúdos evolui mais.

O correcto desenvolvimento dos seus pés é primordial. Problemas futuros como joanetes, dores ou dedo em martelo podem estar relacionados com uma escolha pouco apropriada de calçado na infância.

Por isso, temos que trocar os sapatos das crianças assim que começam a ficar pequenos. Ou comprar novos sapatos se os magoarem ou se forem incómodos. Com isto, evitaremos problemas ortopédicos no futuro.

2. Sapatos flexíveis são melhores

O mais recomendado na hora de escolher o calçado infantil para o Regresso às Aulas é evitar os sapatos que sejam demasiado duros.

Os sapatos para o Regresso às Aulas devem proporcionar conforto, abrigo e protecção, mas nunca devem apertar os pés dos miúdos. Isto poderá ser algo de vital importância para o seu crescimento.

No entanto, sapatos muito grandes também não são bons. Os atacadores ou o velcro são sempre recomendáveis para um ajuste correcto da base do pé e para impedir que os pés se desloquem de uma forma errada ao andar.

3. Tamanho dos sapatos

Mesmo que existam sapatos e ténis infantis que possam ter um tamanho maior ou menor, é melhor que cheguem só até debaixo do tornozelo. Nos dias em que calçam botas, quanto mais maleáveis estas forem, melhor. Como já dissemos, sapatos duros não são recomendáveis.

Os sapatos e ténis infantis devem de ter um toque agradável e suave, amplos para não apertarem e, sempre que for possível, com a sola antiderrapante para evitar escorregadelas.

Também é bom que tenham uma sola flexível, pois os nossos pequeninos ficarão muito mais confortáveis.

4. Materiais naturais

Sobre o fabrico, aconselhamos que o calçado que as crianças usam seja feito de materiais naturais. Muitos materiais sintéticos são o primeiro passo para maus cheiros, fungos e uma má transpiração dos pés.

Preste muita atenção às costuras de alguns sapatos, pois poderão ferir ou magoar os pés das crianças. De facto, se observarmos que os pés dos nossos filhos estão inflamados ou avermelhados, é provável que a culpa seja do calçado que estão a usar.

5. Sapatos e actividades

Não vamos deixar o nosso filho fazer desporto com Mocassins ou irem com farda e ténis de desporto no Regresso às Aulas. Para cada actividade, é aconselhável usar um calçado específico para a mesma.

Se as crianças estão a fazer actividades extra-escolares, os Ténis de desporto a partir de 23,95€ são uma opção muito acessível. Se praticarem natação, as Sandálias de Borracha ajudá-los-ão a não escorregar e evitarão infecções nos pés.

E até aprenderem a atar os atacadores, o velcro pode ser uma ideia muito útil. Cada coisa em seu momento, entre elas, atar os atacadores.

6. Calçado dos irmãos mais velhos

Não é recomendável herdar sapatos dos irmãos ou primos mais velhos. E isto tem uma razão fisiológica: cada um de nós tem uma forma de pisar que molda o sapato ao nosso pé. Não é bom para os pés dos miúdos usarem um calçado que já foi usado por outra pessoa.

Então, já sabem que, para que o Regresso às Aulas seja perfeito, siga os conselhos da Pisamonas!

Posted in: Notícias PT Tags: conselhos
Partilhe