Para a água patinhos! Mas com precaução!
Para a água patinhos! Mas com precaução para os pequenos da casa!
  Para a água patinhos! Mas com precaução!  Evite os sustos na água seguindo estes conselhos! Tanto a piscina, como o mar, os rios ou lagos, são locais de lazer que no verão utilizamos para aliviar o calor e manter todos entretidos, especialmente as crianças. A água é muito divertida e elas adoram, mas é recomendável ter em conta uma série de precauções e vigilância quando estiverem dentro de água, mesmo que já saibam nadar bem. De modo geral e como medida fundamental, temos que ter sempre a criança debaixo de olho, conseguindo ver o que faz : nada, salta, mergulha, move-se, não se move… A realidade, apesar de triste, mostra-nos que todos os verões ocorrem acidentes, inclusivamente na presença de adultos. Temos que levar os equipamentos adequados e homologados, como braçadeiras, boias, …etc. para que cumpram a sua função e protejam a criança adequadamente. Nas piscinas , o cuidado deve ser especial e não nos devemos distrair quando estiverem a brincar com outras crianças, pois pode haver algum golpe sem querer com algum objecto ou um amiguinho que empurra outro, etc. Fale com os seus filhos e consciencialize-os disto. Evite que brinquem à beira da piscina, que corram ou andem em zonas molhadas onde podem escorregar – por isto e por uma questão de higiene, é recomendável calçar-lhes chinelos ou sandálias de borracha quando sabem da água. Na medida do possível, não devem engolir água das piscinas para prevenir infecções e, sobretudo, é importante respeitar as normas de segurança, especialmente em parques aquáticos. E mesmo que nestes locais estejam nadadores-salvadores, não devemos confiar a 100% a vigilância dos nossos filhos neles; devemos estar nós próprios atentos. No mar , respeitar a sinalização das bandeiras que indicam o estado da água para saber se podemos ou não entrar dentro de água e fazê-lo em zonas autorizadas, sem invadir, por exemplo, os corredores de entrada e saída de barcos, pranchas de surf, etc. Muita atenção aos remoinhos, correntes, ondas, … etc. A praia é um dos sítios ideais para estar com as crianças no verão, mas é necessário vigiá-los com especial atenção, mesmo que saibam nadar bem. Nos lagos ou rios , cuidado com os fundos! Não são nada homogéneos, costumam estar cheios de plantas e algas com as quais nos podemos enredar. Se vamos a algum destes lugares, não devemos ir mais além da zona onde a água nos cobre pela cintura. É possível disfrutar do verão e da água com uma série de normas e precauções e, sobretudo, com bom senso na hora de ir a banhos. Não nos podemos distrair dos nossos filhos em nenhum momento quando estiverem na água e certamente que teremos uma férias em cheio!

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para analisar a navegação , melhorar a sua experiência e os nossos serviços. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o uso das cookies. Mais informação aqui. More information