Método Marie Kondo crianças | Conselhos Pisamonas
Método Marie Kondo
Método Marie Kondo para organizar os armários dos seus filhos

 Método Marie Kondo


Mantenha a sua casa sem tralhas com o método KonMarie!

 

O método Marie Kondo tem cada vez mais adeptos e não é para menos: a famosa guru da organização promete mudar a vida – ou melhor, as casas – de todos aqueles que sigam os seus práticos conselhos, incluindo os mais pequenos da família. Manter uma casa arrumada é uma tarefa que, se já por si pode ser complicada, com miúdos pelo meio torna-se um autêntico desafio. Roupa, sapatos, mochilas da escola, brinquedos e restantes objetos dos nossos filhos ficam espalhados por todos os cantos da casa, pelo que, encontrar rapidamente alguma coisa e sobretudo mantê-la no sítio certo, é por vezes uma missão quase impossível. No entanto, conseguir a tão desejada “harmonia doméstica” parece estar, mais do que nunca, ao nosso alcance.

Com uma filosofia minimalista baseada em ficarmos unicamente com aquelas coisas que nos fazem felizes e ordená-las depois de acordo com o seu critério, Marie Kondo desprende-se de sentimentalismos e ajuda-nos a libertarmo-nos de todas aqueles pertences que guardamos por indecisão, pena ou inclusivamente por desleixo e que, na realidade, nunca mais vamos usar!

Mas, como podemos aplicar este método com os nossos filhos pequenos e os seus pertences? O mais importante, como em tudo, é educá-los através do exemplo, começando nós próprios a aplicá-lo. Eles veem primeiro como os adultos se desfazem de todas aquelas tralhas que a única coisa que fazem é ocupar espaço. Desta maneira, aprendem a ficar com as coisas que realmente lhes proporcionam bem-estar e poderão replicar no seu pequeno mundo de pertences o mesmo raciocínio que viram o seu pai e a sua mãe utilizar.

Preparados para conseguir uma casa arrumada, bem organizada e que nos proporcione paz e tranquilidade? Aqui vamos!


A magia da ordem para as crianças

 

  1. Escolher: Aplicar o método KonMarie nos quartos e pertences dos nossos filhos é possível, mas é importante aplicar a psicologia inversa para que, em nenhum momento, sintam que lhes estão a tirar coisas que são deles. Em vez de lhes dizer que têm que se desfazer de todos aqueles objetos que já não usam, é melhor propor-lhes que selecionem as suas coisas preferidas. Desta maneira, rapidamente saberemos que brinquedos e outros objetos são secundários para eles.
  2. Descartar: De todos os objetos, podemos descartar aqueles que pela idade já não vão usar mais, que estejam estragados ou que tenham repetidos. Convém organizar esta limpeza por categorias: roupa, livros, objetos vários e objetos com valor sentimental, deixando estes últimos para o fim. Desta forma, conseguiremos que o método siga o seu curso e que eles fiquem mais familiarizados com o processo.
  3. Agradecer: Cada vez que decidamos que nos vamos desfazer de alguma coisa – dando-a a familiares e amigos a quem possa interessar, dando-a a instituições ou colocando-a no lixo se já não se puder dar mais nenhum uso – é importante agradecer ao objeto por todos os momentos de alegria que nos tenha proporcionado.
  4. Ordenar: Quando tivermos decidido com que coisas vamos ficar, começaremos então a pôr em prática os conselhos de Marie Kondo para organizar os armários infantis dos nossos filhos, os sapatos e os restantes pertences:
  • Tudo à vista: é importante que, na medida do possível, todos os objetos estejam num sítio visível e facilmente acessível.
  • Classificar para guardar: os livros por género, os brinquedos por tipo ou as meias por utilização. Ordenar as coisas de acordo com a sua classificação tornará muito mais fácil localizá-las e será mais simples criar o hábito de voltar a colocá-las depois nos seus respectivos lugares!
  • Cestas e caixas dentro dos armários e gavetas: Desta maneira, poderemos classificar com mais eficácia todas as coisas que serão guardadas no armário: a roupa do futebol numa caixa, as t-shirts sem mangas noutra...
  • Dobrar a roupa cuidadosamente e guardá-la verticalmente é um dos pontos-chave do método KonMarie. Desta maneira, pouparemos espaço e ficaremos com tudo à vista.
 
 

Marie Kondo Roupa

 

E finalmente... o mais importante! Realizem todo este processo explicando aos vossos filhos por que o fazem e ensinando-lhes a fazê-lo convosco para que se sintam responsáveis, para que arrumem os sapatos e gavetas como se fosse um jogo e assim possam ir eles próprios buscar facilmente as suas coisas sem desarrumar tudo!

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para analisar a navegação , melhorar a sua experiência e os nossos serviços. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o uso das cookies. Mais informação aqui. More information